a cidade e as terras

Março 12 2010

A versão de Tim Burton para Alice é um perfeito delírio visual, esteticamente um dos filmes mais belos que me lembro de ver nos últimos tempos. Cinema no entanto não é só paisagem, por isso fica do filme alguma desilusão pela superficialidade dos personagens, por alguma leveza do argumento, por alguma inconsistência na montagem que, talvez deslumbrada pela estética, se deixa arrastar em longas cenas que tiram lugar ao argumento e às personagens. Claro que vale a pena ver, claro que é um filme muito bom, mas tinha tudo para ser uma obra prima e isso, definitivamente, não é.

publicado por Joao AC às 12:18

Boa tarde,

O "A cidade e as terras" está em destaque nos Blogs do SAPO, em http://blogs.sapo.pt

Parabéns e boa continuação!

Pedro
Pedro a 12 de Março de 2010 às 14:51

Ficou uma pontinha de desilusão depois de ver o filme! Não é de facto um filme brilhante.
Daniela a 12 de Março de 2010 às 23:50

palavras soltas de um provinciano acomodado a Lisboa com uma grande compulsão para sair a correr terras
CAIXA DE CORREIO
acidadeeasterras@gmail.com
PESQUISAR
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
17
18
19
20

22
23
25
27

28
30
31